Portal BEI

Presidente do Irã, Ebrahim Raisi, está desaparecido após queda de helicóptero | InvestNews

Fonte: Bloomberg

Equipes de resgate estão procurando durante a noite para tentar localizar o presidente iraniano Ebrahim Raisi depois que seu helicóptero caiu enquanto ele voltava de uma visita ao noroeste do país.

Havia uma névoa densa na região, dificultando as condições para as equipes de busca, disse a mídia estatal, sem dar uma causa direta para o incidente no domingo (19). O porta-voz do governo do Irã, Ali Bahadori Jahromi, disse tarde da noite no X, o antigo Twitter, que não havia “novas atualizações” e que o país estava enfrentando uma “situação difícil e complicada.”

Encontrar o helicóptero do presidente “pode levar tempo” devido às difíceis condições meteorológicas, disse o Ministro do Interior Ahmad Vahidi na TV. Uma busca aérea era “impossível”, disse a TV iraniana, após pelo menos cinco horas de buscas em terra.

Raisi, um clérigo ultraconservador na casa dos 60 anos, que venceu a eleição presidencial do Irã em 2021, é visto como um favorito para eventualmente suceder o Líder Supremo Aiotolá Ali Khamenei, que é a principal autoridade da República Islâmica.

O incidente ocorre em um momento de turbulência no Oriente Médio devido à guerra em Gaza entre Israel e o Hamas, apoiado pelo Irã. Isso aproximou o Irã e Israel de um conflito total e levou outros grupos apoiados por Teerã, incluindo os houthis no Iêmen e milícias xiitas no Iraque, a atacar bases americanas e navios comerciais no Mar Vermelho.

A frota aérea de Raisi consistia em três helicópteros com altos funcionários, incluindo o Ministro das Relações Exteriores Hossein Amirabdollahian, relatou a agência de notícias semi-oficial Tasnim. Acredita-se que Amirabdollahian também estivesse a bordo da aeronave de Raisi.

Os EUA estão acompanhando de perto os relatos do incidente, disse um porta-voz do Departamento de Estado sem mais comentários.

A televisão iraniana exibiu imagens ao vivo de várias ambulâncias em meio à chuva forte e névoa. Um repórter, posicionado perto das equipes de resgate, mencionou os desafios para alcançar o local do acidente, citando estradas intransitáveis devido à lama e à natureza remota da área. Buscas aéreas usando helicópteros e drones eram impossíveis devido às condições meteorológicas adversas, disse ele.

A televisão estatal transmitiu imagens ao vivo do santuário sagrado do país na cidade nordeste de Mashhad, local de nascimento de Raisi, mostrando peregrinos rezando por Raisi. Outros que se acredita estarem a bordo do helicóptero de Raisi incluíam o governador da província do Azerbaijão Oriental e o representante do líder supremo na cidade de Tabriz, segundo a mídia iraniana.

Tanto Raisi quanto Amirabdollahian supervisionaram a restauração das relações diplomáticas do Irã com a Arábia Saudita através de um acordo mediado pela China anunciado em março de 2023. Mas foi um período em que também havia um impasse nas negociações para reviver o acordo nuclear do Irã com potências mundiais e levantar sanções econômicas.

Mais cedo no domingo, Raisi se encontrou com seu homólogo do Azerbaijão, Ilham Aliyev, para inaugurar uma represa desenvolvida em conjunto na fronteira entre os dois países. O incidente ocorreu quando Raisi já retornava da província do Azerbaijão Oriental do Irã.

A ascensão de Raisi à presidência ocorreu após oito anos sob o relativamente moderado Hassan Rouhani, que foi central no acordo nuclear do qual o ex-presidente Donald Trump retirou os EUA em 2018.

A saída dos EUA do acordo fortaleceu os linha-dura do Irã, que sempre foram críticos do acordo. Raisi foi sancionado em 2019 pela administração Trump, que citou seu papel em uma repressão mortal uma década antes contra manifestantes que alegavam fraude eleitoral.

Durante sua campanha eleitoral presidencial, ele recebeu apoio dos mais altos níveis do estabelecimento religioso e militar do Irã e colocou todas as instituições estatais e alavancas de poder do Irã nas mãos dos linha-dura.

O Primeiro Vice-Presidente de Raisi é Mohammad Mokhber, que representou o Irã em muitas viagens recentes ao exterior e que, como muitos altos funcionários iranianos, está sujeito a sanções dos EUA.

Para você: Os principais tópicos para começar bem o dia!

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!