Portal BEI

Maior fundo soberano do mundo vê “muita espuma no setor de tecnologia” – NeoFeed

Fonte: Rodrigo Loureiro

Há um clima de pessimismo entre os investidores globais em relação às big techs. No começo do ano, o J.P. Morgan comparou a ascensão do grupo formado por Tesla, Meta, Microsoft, Alphabet, Nvidia, Amazon e Apple com a bolha das pontocom. Agora, a preocupação vem do maior fundo soberano do mundo.

“Ao lançar um olhar sobre o mercado atual, eu diria que há claramente muita espuma no setor de tecnologia”, afirmou Nicolai Tangen, CEO do Norges Bank Investment Management, para a CNBC, nesta terça-feira, 23 de abril. “Se é demais ou não, isso não está claro.”

A preocupação de Tangen, que é responsável por administrar o Fundo Global de Pensões do Governo Norueguês, o maior fundo soberano do mundo, com mais de US$ 1,6 trilhão em ativos sob gestão, está nos resultados que serão divulgados pelas big techs nesta semana.

Quando reportou um lucro de US$ 110 bilhões na última quinta-feira, 18 de abril, Trond Grande, vice-CEO do Norges Bank Investment Management, disse à CNBC que os investidores estavam olhando “com mais nuances” para as “sete magníficas” e seus modelos de negócio.

No começo deste ano, um relatório do J.P. Morgan apontou que o grupo das sete gigantes estavam carregando a valorização dos índices dos EUA. O banco de investimentos reportou que isso poderia ser um problema, uma vez que haveria uma dependência dos resultados dessas empresas.

Esse problema está começando a aparecer agora. Nesta terça-feira, a Tesla deve reportar resultados com queda nas vendas de automóveis – e uma possível pausa na produção de seu modelo mais barato para focar na construção de um carro autônomo. As ações da montadora caíram 41% desde o começo deste ano.

Depois do boom de valorização da Nvidia, os papéis da fabricante de chips semicondutores também estão em queda. No último mês, a desvalorização foi superior a 13%. Em 2024, porém, as ações ainda acumulam alta superior a 70%.

Tangen foi questionado se o fundo iria abandonar as empresas de semicondutores, com a própria Nvidia, em meio a essas quedas. O executivo afirmou que “não tem uma sensação muito forte se a Nvidia está supervalorizada”, sem dar mais detalhes sobre a posição que tomará na carteira.

O Norges Bank Investment Management não foi o único que se manifestou sobre o atual cenário do mercado de tecnologia. Na segunda-feira, 22 de abril, um relatório do banco suíço UBS indicou um “colapso no momentum” das sete magníficas e fez um downgrade nas ações de Meta, Amazon, Microsoft, Nvidia, Apple e Alphabet.

Segundo a instituição, o crescimento do lucro dessas companhias deve cair de 42% para 16% no próximo ano. A recomendação do UBS passou de “compra” para “neutro” para os papéis dessas seis empresas.

O banco afirma que o downgrade se deve ao “reconhecimento das difíceis bases de comparação e das forças cíclicas que pesam sobre essas ações”.

Fique Por Dentro

Nicolai Tangen, CEO do Norges Bank, disse que “há muita espuma” no mercado

O Norges Bank administra o Fundo Global de Pensões do Governo Norueguês

Desvalorizada, Tesla deve reportar seus resultados nesta terça-feira

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!