Portal BEI

Eletrobras faz parceria com empresa holandesa para fornecer hidrogênio verde no Piauí | InvestNews

Fonte: Reuters

A Eletrobras assinou um memorando de entendimentos com a holandesa Green Energy Park (GEP) para avaliar oportunidades de produção de hidrogênio verde e derivados “a preços competitivos” no Brasil, disse a companhia elétrica à Reuters nesta terça-feira (14).

O acordo prevê a possibilidade de a subsidiária da Green Energy Park no Piauí contar com fornecimento de energia renovável de longo prazo pela Eletrobras, que é a maior geradora de energia da América Latina, com um parque de usinas que supera 44 gigawatts (GW) de potência.

O projeto de hidrogênio da Green Energy Park no Piauí foi anunciado no ano passado e, de acordo com informações do site da empresa, envolverá a instalação de uma planta de 10,8 GW de capacidade de eletrólise na Zona Econômica Especial de Parnaíba, junto à infraestrutura do Porto de Luís Correia.

Segundo a Green Energy Park, a futura produção de combustível renovável no Piauí será voltada à exportação visando suprimento a consumidores industriais, com previsão de envios para um hub em Krk, na Croácia, e para portos em localidades como Reino Unido, Oriente Médio e Leste Asiático.

O empreendimento piauiense da Green Energy Park recebeu apoio da União Europeia, tendo sido incluído em um programa global de investimentos bilionários do bloco na cadeia do hidrogênio verde.

“Como líderes em geração e transmissão de energia elétrica no país, devemos contribuir não apenas para o aprimoramento da matriz brasileira, mas do mundo, para que as fontes sejam cada vez mais limpas e renováveis”, afirmou o presidente da Eletrobras, Ivan Monteiro, em nota sobre o anúncio antecipada à Reuters.

“Estamos extremamente orgulhosos de anunciar este marco significativo na nossa jornada para construir uma coligação forte para alcançar os nossos objetivos climáticos”, acrescentou o CEO da Green Energy Park, Bart Biebuyck.

A Eletrobras estuda há anos a produção de hidrogênio verde, combustível que pode ser obtido pela eletrólise da água utilizando energia renovável e que desponta como uma importante rota para reduzir emissões de setores de difícil descarbonização, como transportes e siderurgia.

A companhia elétrica já produz hidrogênio verde em projeto-piloto na usina hidrelétrica de Itumbiara (MG/GO) e está avaliando utilizar seu enorme portfólio de hidrelétricas para fornecer energia a projetos do combustível.

Na avaliação da Eletrobras, as hidrelétricas permitem que projetos de hidrogênio tenham custos bastante competitivos, já que a fonte fornece energia “flat”, estável, sem a intermitência de outras renováveis, como solar e eólica.

Acordo com Ceará

Em paralelo, a Eletrobras também oficializou nesta terça-feira um acordo com o governo do Ceará para projetos de hidrogênio verde, visando o suprimento de energia renovável, fomento à descarbonização da economia e promoção da cadeia de produção do combustível de baixo carbono em futuros projetos industriais no Estado.

O Ceará é um dos principais produtores de energia renovável do país e vem buscando estimular o desenvolvimento projetos relacionados à transição energética, de forma a atrair indústrias interessadas em descarbonização.

As parcerias assinadas pela Eletrobras nesta terça-feira seguem outros acordos anunciados recentemente no segmento.

No mês passado, a companhia celebrou um memorando com escopo semelhante com o governo do Maranhão mirando suprimento de energia renovável para produção de hidrogênio de baixo carbono em novos projetos industriais no Estado.

A Eletrobras também assinou em março uma parceria em hidrogênio com a Paul Wurth, em iniciativa que estuda a possibilidade de construção e operação de uma usina de 10 MW nas proximidades de uma siderúrgica.

(Por Letícia Fucuchima)

Para você: Os principais tópicos para começar bem o dia!

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!