Portal BEI

Base aérea de Canoas começa a receber voos comerciais nesta segunda-feira (27)

Fonte: Redacao IF
Base aérea de Canoas começa a receber voos comerciais nesta segunda-feira (27)
Aeroporto Salgado Filho está com operações suspensas (Foto: Ricardo Stuckert/Presidência da Republica)

Com o aeroporto de Porto Alegre alagado, a base aérea de Canoas (RS) começará a receber voos comerciais nesta segunda-feira (27). O terminal temporário instalado em um shopping na cidade fará os serviços de embarque e desembarque a partir desta segunda-feira.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) autorizou a utilização do aeroporto regional para voos comerciais de passageiros e cargas na semana passada.

A Fraport Brasil, responsável pela administração do aeroporto na capital gaúcha, fará as operações de embarque e desembarque no terminal de Canoas. O local temporário escolhido foi o ParkShopping Canoas, que fica a 4 km da base aérea da cidade.

Após passarem pelos procedimentos de embarque, os passageiros serão levados à base aérea com um ônibus da Fraport Brasil.

Segundo a empresa, o terminal temporário funcionará a partir das 6h e fecha conforme a programação de decolagem do último voo do dia.

A intenção é transformar a Base Aérea de Canoas em uma alternativa ao Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre.

Como doar para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul?

Veja como ajudar o Rio Grande do Sul a partir de doações do Imposto de Renda

Atividades no Salgado Filho retornam em setembro

O tráfego aéreo no Aeroporto Salgado Filho foi suspenso no dia 3 de maio pela Fraport e as atividades não devem retornar antes de setembro. A concessionária informa que o terminal continua interditado por tempo indeterminado — o pedido à Força Aérea Brasileira (FAB) é válido até 30 de maio e pode ser prorrogado.

A Anac aguardava a instalação de equipamentos de infraestrutura aeroportuária, como aparelhos de raio-x, para que a operação efetiva da base aérea de Canoas começasse.

“Foram instalados equipamentos de raio-X e pórticos detectores de metal, além de ETD (Explosive Detection Trace), para a inspeção de passageiros e bagagens de mão, supervisionado pela Polícia Federal, conforme exige a legislação aeroportuária”, diz a Fraport em nota.

Com informações do Valor Econômico

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!