Portal BEI

Rival da Tesla e da BYD quer ir mais longe com “carro voador” – NeoFeed

Fonte: Moacir Drska

A chinesa BYD é o principal nome a desafiar o protagonismo da Tesla em carros elétricos. Mas há outras fabricantes do país da Grande Muralha no encalço da empresa de Elon Musk. Um desses exemplos é a Xpeng.

A companhia já cumpriu roteiros como a abertura de capital na Bolsa de Nova York, em 2020, quando levantou US$ 1,5 bilhão, e atraiu investidores como a alemã Volkswagen, que injetou US$ 700 milhões na operação em 2023, em troca de uma fatia minoritária.

Com essa retaguarda, a empresa registrou uma receita de 13 bilhões de yuans (US$ 1,8 bilhão) e a entrega de 141,6 mil veículos em 2023, alta anual de 17,3%. E agora, se prepara para alçar voos mais ambiciosos. Literalmente.

O novo trajeto será percorrido por sua subsidiária, a Xpeng AeroHT, que atua com o desenvolvimento de aeronaves elétricas de pouso e decolagem vertical (eVTOL), os chamados carros voadores.

Em entrevista à rede americana CNBC, Brian Gu, Copresidente da Xpeng, Brian Gu disse que a Xpeng AeroHT vai abrir as pré-vendas do seu primeiro modelo em 2025 e que planeja fazer suas primeiras entregas em 2026.

O modelo envolve um carro voador – que está em processo de certificação na China e tem capacidade para dois passageiros – acoplado a um veículo elétrico da Xpeng, dotado de uma estrutura para a decolagem e o pouso vertical.

Segundo o executivo, a empresa tem um atalho para acelerar essa estratégia. “A razão pela qual estamos confiantes é porque estamos projetando isso para uso não em centros urbanos, mas para regiões periféricas, em áreas onde trabalharemos com os municípios para criar parques voadores e zonas de voo”, afirmou Gu.

De acordo com o executivo, dentro dessa ótica, as pessoas não irão de uma licença especial para pilotar o carro voador. “À medida que se aproxima mais dos centros urbanos, você precisa de licenças especiais e será muito mais complicado obter aprovação”, disse ele.

O projeto integra a estratégia da Xpeng de expandir seus negócios para outras áreas além da mobilidade elétrica. O modelo em questão foi lançado oficialmente no início deste ano, durante a Consumer Electronics Show (CES), tradicional feira de tecnologia realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos.

Naquela oportunidade, a Xpeng AeroHT fez uma demonstração do modelo e ressaltou que havia concluído todos os principais testes da fase de validação do carro voador, que ingressaria então na etapa de preparação para uma produção em massa.

Fundada em 2013, a companhia, assim como sua “empresa-mãe”, também já atraiu o interesse de investidores. Desde então, a operação já captou US$ 500 milhões de fundos como Sequoia Capital, IDG Capital e Notable Capital.

A Xpeng, por sua vez, está avaliada em US$ 7,7 bilhões. Em 2023, suas ações cumprem, porém, uma trilha acidentada na bolsa de valores americana, ao registrarem uma desvalorização de 43,6%.

Fique Por Dentro

O eVTOL da empresa tem capacidade para dois passageiros

A Xpeng AeroHT vai abrir as pré-vendas para o modelo em 2025

A companhia já captou US$ 500 milhões junto a fundos como Sequoia Capital

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!