Portal BEI

Quanto custa a estatueta do Oscar e por que ela só ‘vale’ US$ 1?

Fonte: Livia Venaglia

A grande festa do cinema acontece neste domingo (10), quando as maiores estrelas se reunirão em Los Angeles para conhecer os ganhadores do Oscar 2024. Na categoria de Melhor Filme, por exemplo, são 10 indicados ao Oscar 2024, mas somente um levará a estatueta para casa.

Pois bem, você já deve ter se perguntado o que faria se fosse o feliz ganhador de um prêmio desse. Há quem pense, por exemplo, que se um vencedor passar por uma época de vacas magras, ele pode simplesmente vender o troféu e pagar alguns meses de aluguel. Se você pensou em iniciar uma carreira na atuação com esse objetivo, eu tenho más notícias para você.

Isso porque o fato é que a estatueta do Oscar não é de ouro. Exatamente: não é de ouro. O troféu do Oscar é uma estátua banhada a ouro 24 quilates, mas que na verdade é de bronze. Além disso, tem um detalhe bem importante: se ganhasse, você sequer poderia vendê-la a quem quisesse. Posteriormente vamos explicar como isso funciona.

Mais abaixo, se você é investidor mas também é um cinéfilo, te contamos quais os indicados ao Oscar e onde você pode assistir ao Oscar ao vivo neste domingo.

De acordo com o Business Insider, a Academia gasta cerca de US$ 400 (cerca de R$ 2.000 pela cotação atual) com a produção das estatuetas. Por outro lado, a plataforma de finanças pessoais WalletHub divulgou um estudo em que estima que a festa toda custe US$ 56,9 milhões (R$ 283,38 milhões).

Portanto, as estatuetas de ouro representam apenas uma pequena fração da bagatela que a Academia precisa desembolsar no Oscar.

Como assim o troféu só vale US$ 1?

Uma curiosidade é que mesmo que os vencedores estejam tão precisados a ponto dos US$ 400 já salvar o dia, eles não podem vender a estatueta para quem quiserem. Está nas regras da premiação, às quais todos os que concorrem são obrigados a aceitar formalmente.

Isso uma vez que, pelas regras do Oscar, se algum vencedor quiser vender o seu troféu, ele deve primeiro oferecê-lo para a própria Academia pelo valor de US$ 1. Ou seja, essa cláusula de “venda” é apenas simbólica

Dessa maneira, a Academia visa garantir que o troféu continuará restrito aos ganhadores. Aliás, a regra deixa claro que isso também vale para herdeiros e pessoas que eventualmente sejam presentadas.

O Oscar e seus valores milionários

Se você ficou surpreso com os mais de US$ 56 milhões que a Academia gasta para fazer a festa, saiba que ainda estamos falando de uma fração dos montantes multimilionários que essa indústria movimenta.

Um dos indicados ao prêmio de Melhor Filme, “Assassinos da Lua das Flores”, de Martin Scorsese, teve um orçamento de US$ 200 milhões (cerca de R$ 1 bilhão) para ser produzido, também segundo o Business Insider.

Campeão de bilheteria entre os indicados, o fenômeno “Barbie”, de Greta Gerwig, arrecadou mais de US$ 1,4 bilhões (cerca de R$ 7 bilhões) globalmente.

O favorito para ganhar a estatueta de Melhor Filme é “Oppenheimer”, de Christopher Nolan, que também é um campeão de arrecadação, com US$ 958 milhões (R$ 4,7 bilhões) de acordo com a Variety. Inclusive, artigo publicado no LinkedIn da Inteligência Financeira te traz 5 lições do filme que servem para seus investimentos.

Onde assistir ao Oscar 2024 ao vivo: online e pela TV?

O Oscar será transmitido pelo canal pago TNT e pelo streaming Max (antigo HBO Max) no domingo, dia 10, a partir das 19h. Primeiramente, teremos o tapete vermelho e a partir das 20h a premiação começa.

Indicados ao Oscar 2024

Afinal, veja os indicados ao Oscar 2024 nas principais categorias. Os indicados ao prêmio de filme internacional vem de Alemanha, Espanha, Itália, Japão e Reino Unido. Ou seja, o Brasil ficou mais uma vez de fora da disputa. Veja a lista completa no site do Oscar.

Filmes indicados ao Oscar 2024

  • “A Zona de Interesse”
  • “Anatomia de uma Queda”
  • “Assassinos da Lua das Flores”
  • “Barbie”
  • “Ficção Americana”
  • “Maestro”
  • “Oppenheimer”
  • “Os Rejeitados”
  • “Pobres Criaturas”
  • “Vidas Passadas”

Direção

  • Christopher Nolan, por “Oppenheimer”
  • Jonathan Glazer, por “A Zona de Interesse”
  • Justine Triet, por “Anatomia de uma queda”
  • Martin Scorsese, por “Assassinos da Lua das Flores”
  • Yorgos Lanthimos, por “Pobres Criaturas”

Atriz

  • Annette Bening, por “NYAD”
  • Carey Mulligan, por “Maestro”
  • Emma Stone, por “Pobres Criaturas”
  • Lily Gladstone, por “Assassinos da Lua das Flores”
  • Sandra Hüller, por “Anatomia de uma Queda”

Ator

  • Bradley Cooper, por “Maestro”
  • Cillian Murphy, por “Oppenheimer”
  • Colman Domingo, por “Rustin”
  • Jeffrey Wright, por “Ficção Americana”
  • Paul Giamatti, por “Os Rejeitados”

Atriz coadjuvante

  • America Ferrera, por “Barbie”
  • Danielle Brooks, por “A Cor Púrpura”
  • Da’Vine Joy Randolph, por “Os Rejeitados”
  • Emily Blunt, por “Oppenheimer”
  • Jodie Foster, por “NYAD”

Ator coadjuvante

  • Mark Ruffalo, por “Pobres Criaturas”
  • Ryan Gosling, por “Barbie”
  • Robert De Niro, por “Assassinos da Lua das Flores”
  • Robert Downey Jr., por “Oppenheimer”
  • Sterling K. Brown, por “Ficção Americana”

Roteiro original

  • “Anatomia de uma Queda”
  • “Maestro”
  • “Os Rejeitados”
  • “Segredos de um Escândalo”
  • “Vidas Passadas”

Roteiro adaptado

  • “A Zona de Interesse”
  • “Barbie”
  • “Ficção Americana”
  • “Oppenheimer”
  • “Pobres Criaturas”

Animação

  • “Elementos”
  • “Homem-Aranha: Através do Aranhaverso”
  • “Meu Amigo Robô”
  • “Nimona”
  • “O Menino e a Garça”

Melhor filme internacional

  • “A Sociedade da Neve” (Espanha)
  • “A Zona de Interesse” (Reino Unido)
  • “Dias Perfeitos” (Japão)
  • “Eu, Capitão” (Itália)
  • “Sala dos Professores” (Alemanha)

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!