Portal BEI

Tombo de mais de 10% da Petrobras (PETR3) arrasta Ibovespa para baixo – Money Times

Fonte: Marcela Toniolo Malafaia
Petrobras (PETR3) pesa fechamento de Ibovespa, após cair mais de 10% (Imagem: REUTERS/Paulo Whitaker)

Nesta sexta-feira (8), o Ibovespa fechou em baixa. O tombo das ações da Petrobras (PETR3;PETR4) empurrou o índice para seu menor patamar desde 14 fevereiro deste ano. Com isso, a bolsa brasileira encerrou em linha com a queda em Wall Street.

O índice fechou em baixa de 0,99%, a 127.070,79 pontos, segundo dados preliminares.

As ações da Petrobras lideraram as quedas do Ibovespa no pregão de hoje. Os papéis ordinários e preferenciais da companhia derreteram 10,37% e 9,14%, respectivamente.

Analistas do mercado já previam uma reação negativa dos investidores com os papéis hoje, após a notícia de que a petroleira não pagaria os dividendos extraordinários (mesmo com a companhia tendo apresentado resultados positivos no 4T23).

A repercussão toda veio com a escolha da empresa de propor R$ 14,2 bilhões aos dividendos, deixando outros R$ 43,9 bilhões na reserva – valor este que poderia ser utilizado ao pagamento de dividendos, juros sobre capital próprio, recompras de ações, absorção de prejuízos e incorporação ao capital social.

E hoje, o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos divulgou o payroll, com a criação de 275 mil novas vagas de trabalho em fevereiro deste ano. Contudo, a taxa de desemprego também aumentou (0,2% em relação ao mês anterior), sendo uma boa notícia para o Federal Reserve. O banco central dos EUA ainda está a definir quando ocorrerão os cortes nas taxas de juros.

Por fim, a maior alta do fechamento foi da Dexco (DXCO3) em 6,77%. Seguindo atrás, vêm as petroleiras 3R Petroleum (RRRP3) com 4,28% e PRIO (PRIO3) com 3,11%, contrariando a queda da Petrobras.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!