Portal BEI

Colômbia propõe pacto eleitoral na Venezuela com apoio de Lula | InvestNews

Fonte: Bloomberg

O presidente colombiano Gustavo Petro, que atua como mediador na crise política da Venezuela, propôs um pacto democrático entre o governo de Nicolás Maduro e a oposição para garantir que o perdedor das próximas eleições presidenciais seja protegido de qualquer tipo de perseguição política.

A proposta está sendo avaliada por Maduro e pela oposição, disse Petro na quarta-feira durante declaração à imprensa com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Bogotá. A ideia envolve um plebiscito ou referendo que seria realizado juntamente com a votação de 28 de julho para obter respaldo popular, acrescentou.

É um “pacto democrático que garante a qualquer um que perca a eleição a certeza e segurança sobre sua vida, sobre seus direitos, sobre as garantias políticas que qualquer ser humano deve ter em seu país”, disse.

O presidente colombiano viajou para Caracas no início deste mês para discutir soluções para a crise política com Maduro, que impediu vários potenciais candidatos, incluindo a vencedora das primárias da oposição, de concorrer às eleições. Ele também se encontrou com Manuel Rosales, um dos poucos oponentes autorizados a se registrar.

Petro também apresentou a proposta a Lula durante o encontro dos dois líderes, em viagem oficial do presidente brasileiro à Colômbia nesta quarta-feira.

Lula não comentou a ideia durante a declaração de imprensa, mas concordou com a proposta de Petro e assinou um comunicado conjunto que “incentiva o governo (venezuelano) e os setores da oposição a considerarem a possibilidade de chegar a um acordo de garantias democráticas que possa ser referendado nas urnas.”

Para você: Os principais tópicos para começar bem o dia!

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!