Portal BEI

Casas Bahia (BHIA3) tem vitória com dívidas; entenda – Money Times

Fonte: Renan Dantas
Casas Bahia Via Varejo VVAR3
Em setembro, a S&P já havia rebaixado o rating da Casas Bahia de AA- para A-, o que também adicionou gatilho para a antecipação de dívidas (Imagem: Reprodução/Casas Bahia/Facebook)

Assembleia de titulares de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) da Casas Bahia (BHIA3) recusou antecipar vencimento de títulos de dívidas (debêntures) da empresa, mostra fato relevante enviado ao mercado nesta segunda-feira (18).

No final de novembro, o S&P Rating rebaixou o rating das 1ª, 2ª e 3ª séries da 20ª emissão de certificados de recebíveis imobiliários da Opea Securitizadora, que são lastreados na 8ª emissão de debêntures, de A- para BBB-, adicionando novo gatilho para que os titulares dos títulos pudessem pedir antecipação das dívidas.

Se caso antecipasse as dívidas, analistas previam o impacto de despesas financeiras com um valor superior a R$ 30 milhões, o que deixaria a empresa em uma situação ainda mais delicada.

Em contrapartida a não declaração do vencimento das obrigações da companhia referentes aos CRI, a empresa pagará um prêmio flat equivalente a dez pontos base (0,10%), calculado sobre o saldo do Valor Nominal Unitário dos CRI, acrescido da Remuneração, informa.

Casas Bahia também se livra de sair do Ibovespa

A Casas Bahia chegou a ser considerada uma boa opção para ficar de fora do Ibovespa. Porém, a segunda prévia do índice assegurou que a ação da varejista não irá embora tão cedo.

A segunda prévia do Ibovespa, divulgada nesta segunda-feira (18), mantém a varejista na composição, enquanto Transmissão Paulista (TRPL4) segue como a nova ação da lista.

Vale lembrar que, recentemente, acionistas da Casas Bahia aprovaram o grupamento de ações na proporção de 25 para 1.

Veja o documento:

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!