Portal BEI

Volkswagen planeja férias coletivas em três fábricas em razão da tragédia no RS

Fonte: Redação

Enchentes no Rio Grande do Sul têm afetado chegada de peças para a montadora. Paralisações atingiriam fábricas de São Bernardo do Campo, Taubaté e São Carlos


Em nota, empresa informou que alguns de seus fornecedores 'estão impossibilitados de produzir nesse momento'
Em nota, empresa informou que alguns de seus fornecedores ‘estão impossibilitados de produzir nesse momento’ — Foto: Divulgação/Volkswagen

A Volkswagen informou nesta segunda-feira que estuda adotar férias coletivas em três fábricas paulistas em razão das enchentes no Rio Grande do Sul, que têm afetado a cadeia de produção da montadora. As paralisações nas fábricas de São Bernardo do Campo, Taubaté e São Carlos aconteceriam a partir do dia 20, segundo a companhia.

Em nota, a empresa informou que, em razão das fortes chuvas que assolam o estado, “alguns fornecedores de peças da Volkswagen do Brasil, com fábricas instaladas no estado, estão impossibilitados de produzir nesse momento”.

Segundo a montadora, a decisão de protocolar as férias coletivas foi uma “medida preventiva”.

Nas fábricas de São Bernardo do Campo e Taubaté as paralisações podem ser dez dias. Em São Carlos, a estimativa é que o período de férias coletivas seja de 11 dias para parte do time de produção, de acordo com a companhia. A fábrica de São José dos Pinhais, neste momento, “seguirá produzindo normalmente”, acrescentou a empresa.

“A Volkswagen do Brasil se solidariza com o povo sul-rio-grandense e reforça sua convicção de que a reconstrução desse estado será realizada com a mesma grandeza dos gaúchos”, finalizou a montadora.

Mais recente Próxima Quase 95% da atividade econômica do RS foi afetada por enchentes, aponta Fiergs

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!