Portal BEI

Realize, edtech de produção de conteúdo EAD, levanta R$ 1,4 milhão com Investidores.vc

Fonte: Redação

A Realize, edtech voltada para produção de conteúdo para ensino à distância (EAD), acaba de anunciar a conclusão de sua primeira rodada de investimento. A startup levantou R$ 1,45 milhão em uma captação liderada pelo Investidores.vc, plataforma de investimento em startups. A rodada foi concluída em menos de dois meses e contou com a participação de 48 investidores do pool.

Fundada em 2020, a Realize surgiu como um projeto de Isabella Stulp e Gustavo Quirino, que já tinham experiência no mercado de educação à distância e identificavam problemas no processo produtivo de conteúdos educacionais. Para os fundadores, apesar da crescente oferta de conteúdos prontos, faltava no mercado uma ferramenta que auxiliasse instituições de ensino a criar seus próprios materiais.

“Vimos nisso uma oportunidade e decidimos desenvolver um sistema para instituições de ensino desenvolverem de ponta a ponta todo o processo produtivo de educação à distância para, no final, conseguirem entregar um conteúdo de qualidade para o estudante. A ideia é oferecer um conteúdo dinâmico, que engaje, pensando não só em otimização e automatização desse processo produtivo, mas também em uma ferramenta que gere dados e que faça uma análise de forma inteligente para contribuir com a melhoria contínua”, afirma Stulp, CEO da startup.

Atualmente, a Realize conta com ferramentas para o gerenciamento do processo produtivo, armazenamento dos conteúdos, diagramação do material didático e integração com qualquer Ambiente Virtual de Aprendizagem (LMS/AVA). De acordo com a fundadora da startup, a plataforma reduz custos e tempo de produção em até 50%.

A decisão de buscar capital externo para expandir o negócio veio após a startup atingir o breakeven, há pouco mais de ano. O objetivo dos fundadores era garantir que o negócio seria sustentável antes de procurar investidores.

Com a captação, a empresa planeja investir nas áreas de vendas e marketing a fim de triplicar a Receita Recorrente Anual (ARR) nos próximos 18 meses e, até o fim deste ano, crescer em 80% a média da receita mensal. “Durante muito tempo a gente focou bastante no produto, porque é o que a gente sabe fazer, é a nossa expertise. Agora, chegou o momento de focar na venda”, comenta Stulp.

Para Amure Pinho, fundador do Investidores.vc, o mercado de ensino à distância vem em constante crescimento desde a pandemia, gerando novos problemas e, como consequência, novas soluções, que devem ser apoiadas para manter o sucesso do ecossistema. “A gente acredita de verdade que não existe uma forma de fazer educação no Brasil sem EAD. Sendo esse um mercado tão relevante, as empresas precisam de uma ferramenta para ajudar nisso, e a Realize se mostrou muito sagaz e competente para encontrar esse problema e construir uma solução que já está funcionando”, comenta Pinho.

>> As inscrições para o 100 Startups to Watch 2024 estão abertas! Acesse o site e veja como participar.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!