Portal BEI

Presidente do Sebrae, Décio Lima, apresenta programa Acredita em reunião do CDN | ASN Nacional – Agência Sebrae de Notícias

Fonte: marcialopez

Territórios Empreendedores, Inteligência Artificial e Internacionalização também foram temas de destaque na quarta reunião ordinária do Conselho Deliberativo Nacional

Na quarta reunião ordinária do Conselho Deliberativo Nacional (CDN) nesta quinta-feira (25), em São Paulo, ganhou destaque a etapa de divulgação da política de crédito lançada pelo governo federal. O Sebrae integra o programa Acredita, anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na segunda-feira (22). A Medida Provisória (MP) que institui o Acredita reestrutura parte do mercado de crédito no país.

Presidente Décio Lima durante a reunião do CDN. Foto: Camila Cordeiro.

O presidente do Sebrae, Décio Lima, explicou que a instituição se uniu à estratégia do governo federal com o intuito de garantir a sinergia necessária na estruturação da política de crédito para os empreendedores de pequenos negócios.

Precisamos comunicar todo este trabalho que levou pelo menos seis meses para ser estruturado. Vamos fazer uma sensibilização com todos os estados para que disseminem o programa e explicar a eles como funciona. Teremos, na próxima terça (30), em Santa Catarina, uma reunião com todo o Sistema Sebrae para começar esta comunicação. Os empreendedores precisam acessar o aval que já está disponível.

Décio Lima, presidente do Sebrae Nacional.

O vice-presidente da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), Heraldo das Neves, destacou a importância da iniciativa e se colocou à disposição para atuar na operacionalização de todas as etapas. Por sua vez, o representante da Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil (CACB), Itamar Manso, colocou a capilaridade da instituição a serviço da divulgação da política de crédito junto aos empreendedores.

O programa Territórios Empreendedores também foi tema da reunião. O presidente da Associação Brasileira dos Sebrae Estaduais (Abase), Anacleto Ortigara, destacou a importância do trabalho na Colômbia. O Sebrae e o Escritório de Resiliência de Medellin iniciam parceria para o fortalecimento dos Territórios Empreendedores – a missão compreende visitas técnicas a territórios colombianos e brasileiros para a troca de conhecimento e experiências entre técnicos e lideranças. “É a primeira vez que o Sebrae vai fechar uma parceria internacional no âmbito do Territórios Empreendedores”, ressaltou Ortigara. Para o vice-presidente da Abase, Vinicius Lages, a atuação internacional do Sebrae é estratégica. “A Colômbia é um país de referência e a volta do Sebrae ao ambiente internacional demonstra o entendimento sobre a necessidade de sua complementariedade”, afirmou.

“A internacionalização está na nossa agenda de trabalho. Não podemos mais pensar em um mundo globalizado e ficarmos de fora. A Colômbia é um retrato do Brasil, com 95% das empresas de pequenos negócios. Precisamos integrar com os países da América do Sul, pois temos muito em comum. O Brasil foi o segundo país que mais recebeu investimentos internacionais ano passado, o mundo está globalizado e precisamos estar inseridos neste processo”, enfatizou.

Outros assuntos que entraram na pauta foram a digitalização do Sebrae e o uso da Inteligência Artificial. “A nossa meta é papel zero. Não é correto o Sebrae apoiar instituições e empresas no seu processo de digitalização e não fazermos o mesmo”, explicou a diretora de Administração e Finanças, Margarete Coelho. O diretor-técnico Bruno Quick comentou que o Sebrae já está inserido no debate da IA. “Estamos avançando nas discussões por meio de temáticas estratégicas que nos darão suporte para estarmos atuantes nesse tema, além disso, destaco o papel da área de Internacionalização, que já está atuando para que possamos ter mais empreendedores no mercado de exportação.”

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!