Portal BEI

Plataforma Sebrae Startups completa um ano com mais de 11 mil startups atendidas | ASN Nacional – Agência Sebrae de Notícias

Fonte: marcialopez

As empresas acompanhadas participaram, em média, de 4 iniciativas como eventos, consultorias e programas de capacitação

O Sebrae celebra um ano do lançamento do Sebrae Startups, plataforma que agrega iniciativas de capacitação, conexão e fortalecimento de empresas em early stage para estimular o empreendedorismo inovador em todo o Brasil. A entidade anuncia que alcançou a meta e ultrapassou mais de 10 mil startups atendidas: foram mais de 11 mil negócios cadastrados e mapeados na plataforma Sebrae Startups. Além disso, 41 mil atendimentos independentes foram realizados às startups pelo sistema Sebrae, representando um aumento de 30,8% na comparação com 2022, quando o número de atendimentos foi 31.667.

O presidente do Sebrae, Décio Lima, destaca que a iniciativa responde à necessidade de integrar inovação e inteligência artificial à sociedade brasileira. “Já como presidente do Sebrae, participei do lançamento da plataforma. De lá para cá, realizamos uma série de ações para apoiar as startups brasileiras, pois hoje somos uma referência no assunto. Nós sabemos do processo revolucionário que a humanidade, a economia e o sistema global vivem. Esse é um processo histórico, marcante, que modifica a economia do mundo e do nosso país. O caminho da inovação não tem mais volta e é uma prioridade para o Sebrae. Tenho fé que sempre haverá o equilíbrio entre a tecnologia e os valores humanos, isso garantirá sustentabilidade e inclusão”, diz.

No decorrer deste segundo ano de atuação, o valor previsto para investimentos em inovação é de R$ 161 milhões, que já estão sendo destinados às ações e iniciativas com foco em inovação, como foi o caso do Startup Day, realizado simultaneamente em todo o país e reunindo mais de 26 mil pessoas em 175 cidades brasileiras; e o lançamento do 1º Prêmio Sebrae Startups, que distribuirá até R$ 950 mil para startups relevantes.

O Sebrae Startups realizou eventos como o Startup Summit, que reuniu mais de 10 mil participantes presenciais e 28 mil participantes on-line e levou startups de destaque para eventos internacionais como o Web Summit Lisboa e no desenvolvimento de estudos que visam mapear o perfil desses negócios. Além disso, fortaleceu programas já reconhecidos pelo ecossistema como:

  • Catalisa ICT, iniciativa que tem como objetivo de acelerar e fomentar negócios inovadores de base tecnológica e que disponibilizará mais de R$16 milhões para projetos de inovação em todo o país;
  • Programa Inova Startups, que chegou à sua 3ª edição e tem um capital de mais de R$27 milhões;
  • Inova Amazônia, que visa desenvolver negócios inovadores e bioeconomia, fortalecer a identidade do bioma com produtos e serviços de alto valor agregado e etc.

Segunda edição do mapeamento do ecossistema

Os destaques do primeiro ano de funcionamento da plataforma Sebrae Startups estão no Startups Report Brasil 2023, estudo dedicado ao mapeamento e atendimento de startups pelo Sebrae e cadastradas na Plataforma Sebrae Startups durante 2023, que visa registrar as características fundamentais desses negócios. O diretor-técnico do Sebrae Nacional, Bruno Quick, ressalta que o lançamento da plataforma e do Observatório Sebrae Startups proporciona visibilidade e compreensão sobre o ecossistema de startups brasileiro. “Com eles é possível ter uma visão ampla e coletiva. Para ir mais além e transformar esses dados em desenvolvimento, é preciso uma atuação integrada de todos os atores do nosso território. Assim, será possível atuar juntos para transformar os pequenos negócios em protagonistas”, destaca.

Em 2023, foram analisadas as 11.327 startups espalhadas pelo país: 32,95% estão na região Sudeste, 29,32% na região Sul e 25,77% na região Nordeste, que segue se destacando com negócios inovadores e em expansão. Por fim, as regiões Norte e Centro-Oeste, que ocupam a quarta e quinta posição, respectivamente, com 6,86% e 5,10% empresas.

Na comparação com 2022, quando o Sebrae atendeu 7.777 startups, houve um aumento de 31,34% no mapeamento das startups em relação ao ano anterior, e o modelo de negócio mais utilizado continua sendo o B2B, representando 59,46%. Entre os principais segmentos da economia atendidos, estão Tecnologia da Informação (22,31%), Saúde e Bem-Estar (13,44%) e Educação (13,06%)

O estudo também possibilita acompanhar indicadores de igualdade de gênero: 91,35% são homens, enquanto apenas 8,65% são mulheres. Essa desigualdade destaca a sub-representação das mulheres no ecossistema de startups e evidencia a importância de ações afirmativas e suporte direcionado para encorajar mais mulheres a se tornarem sócias de startups.

Para continuar contribuindo com o desenvolvimento das startups e de negócios inovadores, a plataforma continuará sendo um hub de conexão com parceiros como grandes empresas do ramo tecnológico, instituições públicas e governamentais, gestoras de venture capital, entre outros. Além disso, outras ações como o Inova Amazônia, que acontece nos dias 9 e 10 de maio; o Startup Summit, que acontece nos dias 14, 15 e 16 de agosto e iniciativas em andamento como o Prêmio Sebrae Startups, seguem sendo promovidos para fomentar cada vez o ecossistema.

Sobre o Sebrae Startups

O Sebrae Startups é uma plataforma que agrega iniciativas de capacitação, conexão e fortalecimento de empresas em early stage para fomentar o empreendedorismo inovador em todo o Brasil. O novo projeto engloba a capilaridade e a força da marca Sebrae para criar a maior rede de startups da América Latina. O objetivo da plataforma é desenvolver o setor tecnológico em todas as regiões do país. Mais informações em www.sebraestartups.com.br.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!