Portal BEI

Inova Amazônia: ‘Trama Canoê’ leva experiência cultural amazônica para o Centro de Convenções | ASN Nacional – Agência Sebrae de Notícias

Fonte: andregomes

Mostra destaca ícones culturais amazonenses da trama e da canoa, valorizando as expressões das comunidades criativas indígenas e ribeirinhas

A exposição “Trama Canoê” será uma das atrações da 1ª edição do Inova Amazônia, mostra realizada nos dias 09 e 10 de maio, no Centro de Convenções Vasco Vasques, em Manaus. A iniciativa é do Sebrae Amazonas e tem o objetivo de difundir novas perspectivas sobre a vida na Amazônia e valorizar o saber e o fazer artesanal.

Com destaque para ícones culturais amazonenses da trama e da canoa, valorizando as expressões das comunidades criativas indígenas e ribeirinhas, a mostra também traz itens de produção manual do homem da floresta. O artesanato na Amazônia e no estado do Amazonas é muito diversificado e reflete a rica cultura e biodiversidade da região, além de contribuir para a preservação das tradições culturais e para o desenvolvimento econômico sustentável da região.

O Sebrae tem trabalhado para desenvolver a cadeia produtiva e introduzir artesãos e seus produtos no mercado regional e nacional por meio de várias ações comerciais, inovação e gestão. Em 2023, por exemplo, a unidade do Amazonas atendeu acerca de 530 artesãos de nove municípios no estado: Barcelos, Benjamin Constant, Careiro Castanho, Manaus, Maués, Novo Airão, Rio Preto da Eva, Iranduba, e São Gabriel da Cachoeira, representados por 18 etnias diferentes (Baré, Baniwa, Tukano, Tariano, Tuyuca, Arapaço, Cubeu, Desano, Ticuna, Piratapuia, Wanano, Yanomami, Ruphida, kuripaco, Tikunas, Kokama, Miriti- tapuia e Carapanã).

O Sebrae Amazonas reverencia o potencial criativo dos artesãos e busca promover a valorização da identidade cultural desses profissionais, proporcionando desenvolvimento socioeconômico a partir da confecção e comercialização de peças ricas em valores simbólicos. A instituição também busca parcerias com mercado atacadista, fazendo imersões em comunidade indígenas e ribeirinhas e criando produtos para produção atacadista sob exclusividade.

Nesse contexto, as rodadas de negócios têm contribuído com abertura de novos mercados e aumento de faturamento, o que resultou na comercialização direta, apenas em 2023, de R$ 300 mil e prospecção de R$ 80 mil. Como reconhecimento, o projeto da Unidade de Atendimento Setorial (UAS) alcançou dois lugares no Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato no Brasil.

Atualmente, o Amazonas tem cerca de 7.940 artesãos reconhecidos e, em parceria com o estudo do Piso da Atenção Básica (PAB), o estado gerou mais de R$ 5 milhões em renda de artesanato.

Trama Canoê
A partir da narrativa da canoa e a cultura material, a mostra ‘Trama Canoê’ exibe objetos utilizados no dia a dia, como cestos, remos, redes de pesca, vasos, cerâmica utilitária, dentre outros, que podem ser produzidos com matérias primas da floresta amazônica. A exposição traz também o conceito da trama, um resgate ancestral de elementos que remetem ao cotidiano indígena.

As produções pertencem às associações Núcleo de Arte e Cultura Indígena de Barcelos (Nacib), Associação dos Artesãos Indígenas de São Gabriel da Cachoeira (Assai), Associação das Mulheres Indígenas Artesãs (Amatu), Associações das Mulheres Indígenas do Alto Rio Negro (Amarn), Associação de Artesãos Unidos para Vencer (AAUV), Cestaria Baniwa, Teçume da Floresta e Surisawa.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!