Portal BEI

Hóspedes pagam R$ 13 mil em reserva e se surpreendem com cama feita de papelão

Fonte: Redação

O escocês Rory viajou com os amigos para a Alemanha para acompanhar a seleção de seu país na Eurocopa, mas não imaginava a saga pela qual passaria. Ao chegar na hospedagem, pela qual pagou o equivalente a R$ 13 mil, ele descobriu que estrutura da cama em que dormiria era feita de papelão.

O perrengue foi relatado em um fio do X, publicado no domingo (16/6), e passou de 1,6 milhão de visualizações. O cliente começa a história dizendo que não costuma postar reclamações sobre atendimentos no site, mas decidiu compartilhar a situação.

“Uma das camas era feita de papelão, colado com fita. A outra era um sofá-cama quebrado e nojento”, escreveu Rory. Ele publicou fotos e vídeos para mostrar o estado da hospedagem, reservada pela plataforma de hospedagens Booking.com. O escocês afirmou que, para reverter a situação, entrou em contato com o atendimento ao cliente.

“Ligamos para o Booking.com e passamos três horas tentando encontrar uma solução. Depois de falar com três gerentes, nos disseram que iam cobrir os custos de uma nova hospedagem”, contou Rory. Ele e os amigos então se dirigiram para outro local, por volta de meia-noite e meia.

Eles não esperavam que o novo quarto seria ainda pior do que o anterior. Rory relata que, ao chegarem na hospedagem, ficaram chocados. “O Booking nos mandou para uma masmorra que parecia uma clínica médica abandonada, com macas e equipamentos industriais espalhados”, escreveu, com vídeos. Em um dos registros, é possível ver um machado.

Rory descreveu a situação como “uma cena de filme de terror sobre tráfico humano”. Ele e os amigos voltaram a entrar em contato com o Booking, mas a empresa respondeu dizendo que eles precisariam pagar por um novo quarto e enviar a nota para reembolso posterior.

“Gastamos mais do que 2 mil libras (R$ 13,7 mil, na conversão atual) com a acomodação reservada pelo site para essa viagem e agora eles esperam que a gente pague mais e espere por um reembolso sendo que não temos dinheiro para isso agora”, desabafou. Os turistas saíram do quarto e conseguiram um outro hotel por alguns dias, sem utilizar a plataforma.

Ao DailyMail, um porta-voz do Booking afirmou: “‘Esta não é a experiência que gostaríamos para quem reserva uma estadia na nossa plataforma e estamos em contato com o cliente, para que possamos verificar o que aconteceu e garantir que eles tenham o suporte adequado.”

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!