Portal BEI

Fotógrafa oferece ensaios em troca de ração e arrecada mais de 1 tonelada para doações no RS

Fonte: Redação

Ana Pacheco vive em Gramado, no Rio Grande do Sul, e decidiu ajudar cachorros e gatos da região que sofreu com chuvas intensas


A fotógrafa Ana Pacheco fez uma campanha para arrecadar ração para cachorros e gatos do RS
A fotógrafa Ana Pacheco fez uma campanha para arrecadar ração para cachorros e gatos do RS — Foto: Arquivo pessoal

As fortes chuvas no Rio Grande do Sul não causaram estragos na casa de Ana Pacheco, que vive na cidade de Gramado. Porém, percebeu que seria necessário ter uma mobilização para ajudar as vítimas ao seu redor — inclusive os animais. A fotógrafa então começou a trocar ensaios por 20 kg de ração para cachorros ou gatos. Desde o anúncio, na segunda-feira (13/5), a empreendedora já arrecadou mais de uma tonelada de alimentos para as instituições Mãos Dadas Patas e Salvas e Gatos Anjos, de sua cidade, e Associação Amor Sem Raça, no município vizinho de Canela.

“Acredito na força da causa animal e sabia que conseguiria comover as pessoas. Deu super certo”, diz Pacheco, em entrevista a PEGN. Segundo a fotógrafa, que costuma realizar ensaios de famílias, a ideia da ação surgiu de uma movimentação que viu ao seu redor. “Alguns colegas de profissão estavam abaixando o preço do ensaio e destinando esse valor diretamente para as famílias que precisavam, mas não vi ninguém fazendo pelos animais.”

A profissional decidiu trocar um ensaio por 20 kg de ração. “Não ficaria muito pesado no orçamento de ninguém, porque vivemos do turismo e sei que todos aqui vão ser impactados de alguma forma”, diz. Inicialmente, ela tinha planos de oferecer 15 ensaios, mas fechou 47 — dos quais três já foram realizados. “Não consegui dizer não para as pessoas que me procuraram.”

A repercussão foi maior do que esperava. “Recebi doações de clientes que atendi há anos, que vivem em estados como Amazonas, São Paulo, Rondônia e Minas Gerais. Eles doaram sem a intenção de ter o ensaio gratuito, mas me disponibilizei caso eles venham novamente para o Rio Grande do Sul”, afirma.

SOS RS:

Pacheco fez uma parceria com a empresa Farias Tele Rações, que reduziu os preços para os produtos destinados à doação. Então, a organização entregava diretamente para Pacheco. Para quem prefere comprar de outras empresas, Pacheco se disponibilizou a coletar os pacotes. Também aceita dinheiro, que está sendo usado para comprar vermífugos e antipulgas.

A fotógrafa não encerrou as doações, mas encontrou outro método para manter a iniciativa. “Estou oferecendo o meu pacote de ensaios com desconto, e os clientes doam 10 kg de ração”, afirma. “Fico muito feliz em ver que as pessoas seguem querendo ajudar.”

Mais recente Próxima Empresas gaúchas ganham um mês para pagar parcelas do Simples e mais prazo para entregar a DASN-SIMEI

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!