Portal BEI

Desafio Liga Jovem alcança 54 mil alunos inscritos e supera em 10 vezes o engajamento obtido na 1ª edição | ASN Nacional – Agência Sebrae de Notícias

Fonte: liviapalmieri

Mais de 87% dos inscritos são de instituições públicas, com maioria feminina (52,7%), de população parda (48,7%) e dos estados do Nordeste (47%)

A segunda edição do Desafio Liga Jovem (DLJ 2), realizada pelo Sebrae por meio do Instituto Ideias de Futuro, contabiliza um salto impressionante de 5 vezes no número de equipes participantes (2 mil para 11 mil) e de 10 vezes no número de alunos (5 mil para 54 mil), em relação à 1ª edição. São 54 mil participações individuais e 11 mil equipes inscritas de 3700 instituições de ensino, com representatividade de todos os estados brasileiros, mais o Distrito Federal. Mas outros indicadores chamam bastante a atenção dos organizadores. Estudantes e educadores de mais de 43% dos municípios brasileiros estão representados nesse número, 47% são do Nordeste, 52,7% são mulheres, 48,7% pardos, seguidos de 36% de pessoas brancas e 89% dos estudantes vêm de instituições públicas.

A 1ª Edição do Desafio Liga Jovem demonstrou que a experiência proporcionada aos participantes é completamente alinhada ao pensamento e à atitude do jovem do Ensino Médio, que precisa ter seu protagonismo estimulado, além de suas ideias ouvidas e de apoio para desenvolver o pensamento empreendedor e as competências socioemocionais como habilidades essenciais para serem trabalhadas já no ambiente escolar. O que ainda não havia sido testado é o alcance que o convite feito de forma presencial teria. E, nesta edição, os organizadores do DLJ2 estiveram em todos os cantos do país para apresentar a competição para estudantes de mais níveis educacionais, do 8º ano do Fundamental até a Educação Superior com a criação de 4 categorias (Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação Profissional e Educação Superior) e de várias etapas.

Esses resultados mostram que os jovens brasileiros têm sede de educação, inovação, transformação e aprendizado, desde que sejam estimulados com propostas que dialoguem com a realidade deles. O Desafio Liga Jovem, nesta segunda edição, conseguiu aproveitar a capilaridade do Sebrae nos estados, que protagonizaram essa enorme divulgação, resultando em um alcance extraordinário, trazendo um grande ganho para a Educação Empreendedora.

Elaine Novetti, gestora do Desafio Liga Jovem no Sebrae

A fundadora do Instituto Ideias de Futuro, Jaciara Cruz, detalha: “estamos certos de que o engajamento dos Sebrae Estaduais a essa iniciativa foi fundamental para chegarmos a essa participação diversa e formidável. Com esse apoio pudemos estar presencialmente em 280 instituições de ensino, em quase 50% dos municípios do país, com oficinas em formatos presenciais e online para todos os estados brasileiros (mais o DF)”.

O próximo passo é promover o desenvolvimento das habilidades desses alunos, fornecendo apoio e ferramentas para que suas aspirações se transformem em projetos. Já foi realizada a Virada Empreendedora, com mais de 15 aulas e palestras. Além disso, os estudantes contarão com plantões de mentorias, até o dia 24 de junho, data-limite para a entrega dos pitches, em formatos de vídeos com 5 minutos de duração para a apresentação e defesa dos projetos. Todos os alunos que enviarem o pitch para o Desafio Liga Jovem receberão acesso a uma Jornada RoboGarden para aprender habilidades digitais, com direito a certificados para quem avançar neste projeto autoinstrucional. Estima-se que 8 mil jovens sejam contemplados por essa jornada que tem o foco de desenvolver as habilidades de TI necessárias para o empreendedorismo e a criação de artefatos tecnológicos. A RoboGarden é uma edtech canadense que tem o objetivo de desenvolver habilidades digitais entre jovens do mundo todo.

A partir daí, entra em ação um corpo de avaliadores para pontuar as apresentações, nos critérios de entendimento do público-alvo, criatividade e inovação, impacto no dia a dia da comunidade, sustentabilidade financeira e protótipo. Os mais bem pontuados estarão habilitados para as etapas seguintes.

  • Etapa Estadual – agosto – equipes selecionadas apresentarão seus projetos, de forma online, para uma banca de jurados. Serão 4 bancas por estado, para definir a equipe vencedora de cada categoria, cujos integrantes receberão vale-compras de R$ 500 por pessoa. Essas equipes seguirão para a Etapa Regional.
  • Etapa Regional – setembro e outubro – vencedores de cada estado apresentarão seus projetos para uma nova banca de jurados, também de maneira remota. A melhor equipe de cada categoria ganhará uma viagem para participar presencialmente da Etapa Nacional, além de um celular de última geração para cada participante e para o orientador.
  • Etapa Nacional – dezembro – participação de 20 equipes e acontecerá em uma das capitais tecnológicas do Brasil, com toda a viagem paga pelo Sebrae. As cinco equipes de cada categoria irão apresentar seus pitches para uma banca de jurados, de forma presencial, tendo a oportunidade de destacar o potencial de seus projetos.

Premiações – As equipes vencedoras de cada categoria serão premiadas com uma Missão Internacional (viagem) de até 10 dias, além de um notebook para cada um dos participantes e para o professor orientador. No segundo lugar, cada participante da equipe e seu professor orientador receberão um smartwatch. No terceiro lugar, cada participante da equipe e seu professor orientador receberão um tablet.

Outras informações para a imprensa:

●   Sebrae – Renata Mariz – [email protected]

●   Instituto Ideias de Futuro – Fabiola Ietto – 11 97299 6142

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!