Portal BEI

Chuvas no RS afetam emissão de notas fiscais em várias partes do País

Fonte: Redação

A emissão de notas fiscais em várias partes do País está passando por instabilidade devido ao desligamento de equipamentos da Secretaria Estadual da Fazenda do Rio Grande do Sul (Sefaz-RS) e do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Rio Grande do Sul, o Procergs. O data center do Estado foi desligado após o prédio do Procergs ser inundado pelas fortes chuvas que atingem o Estado gaúcho.

Além de processar os documentos fiscais do Rio Grande do Sul, o serviço virtual da Sefaz-RS atende ao sistema de Nota Fiscal de outros 15 Estados brasileiros: Acre, Alagoas, Amapá, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Pará, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Para tentar contornar o problema, a operação para autorização dos documentos foi transferida para o ambiente tecnológico da nuvem. A Sefaz-RS recomenda às empresas que encontrarem dificuldades que verifiquem se não possuem configuração em seu ambiente que limite a comunicação de internet aos endereços IP dos data centers, como, por exemplo, uma regra em firewall que restrinja a comunicação.

A pasta recomenda ainda ajustar configurações de rede, internet e proxy. O acesso não deve ser feito pelos endereços IPs (Internet Protocol) mas sim diretamente nos domínios sefaszrs.rs.gov.br e svrs.rs.gov.br.

Em nota, a secretaria informou que a emissão de guias para pagamento de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) está indisponível por meio de sistemas da Receita Estadual. Para isso, deve ser usada a Guia Nacional de Recolhimento de Tributos (GNRE), que pode ser acessada por meio deste link. A pasta recomenda às empresas a continuar a fazer o recolhimento dos impostos.

Além do site, o Emissor de Nota Fiscal Avulsa Eletrônica e o aplicativo Nota Fiscal Fácil também estão fora do ar. A recomendação aos usuários é para que sejam utilizados outros programas emissores disponíveis, como, por exemplo, o do Sebrae-RS, disponível neste link.

Além de processar os documentos fiscais dos Estados, o sistema do Sefaz-RS é utilizado para consulta de cadastro pelos Estados do Acre, Espírito Santo, Rio Grande do Norte, Paraíba e Santa Catarina. O sistema também opera contingência para o Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pernambuco e Paraná.

Prevenção

Os equipamentos que operam esse sistema estão no prédio da Procergs, que foi inundado pelas fortes chuvas. Por precaução, todos foram desligados.

A água atingiu quadro elétrico, no-breaks e geradores, segundo a Agência Brasil. Isso ocorreu depois que as casas de bombas que operam na região do centro foram desativadas.

Ainda segundo a agência, vários sites do governo estão for do ar. A prioridade é manter no ar sistemas de serviços prioritários, tais como Defesa Civil, saúde e segurança pública, além do site principal do governo do Rio Grande do Sul.

“Nesse sentido, com o intuito de preservar a infraestrutura instalada, e de ter condições de retomar nossas atividades no menor intervalo de tempo possível, a equipe responsável pela gestão da crise tomou a decisão consciente de desligar o data center, retirando temporariamente a maioria dos nossos serviços do ar”, informa nota do governo gaúcho.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!