Portal BEI

Empresa busca parceiros para construir usinas solares de GD

Fonte: Henrique Hein

Empresa busca investidores para construir usinas solares de minigeração 

Usina solar Avelar, da BRS, no Rio de Janeiro (RJ). Foto: Divulgação

A BRS (Usinas Brasil Solar) – empresa que conta com um pipeline de mais de 80 MW de projetos fotovoltaicos no Brasil – está buscando investidores que tenham interesse na implementação de usinas solares de GD (geração distribuída). 

A BRS informa que será responsável por todas as atividades necessárias para viabilizar o projeto das usinas solares, desde o desenvolvimento até a operação e a manutenção das plantas. 

Isso inclui obtenção de licenças de conexão, fornecimento de equipamentos, logística, obras civis e eletromecânicas, montagem da infraestrutura elétrica, originação e gestão de clientes de geração distribuída, e estruturação de produtos financeiros.

“Temos projetos no Nordeste e Sudeste em busca de parceiros. A BRS faz de tudo, desde o projeto até a entrega da usina pronta. O investidor não vai se preocupar com mais nada além de aguardar o resultado final”, explica Rafael D´Angelo, diretor da BRS. 

“O parceiro que buscamos é aquele que veja valor em ter a BRS como sócio e que busque uma solução one stop shop, que queira um player que realize todas as etapas desde o desenvolvimento e implementação do projeto. Neste momento, estamos prospectando médios e grandes para dar escala à operação”, ressalta ele. 

Os investidores interessados podem entrar em contato com a BRS por meio do e-mail: [email protected]

Projeto em desenvolvimento

A BRS, em parceria com o Grupo M4, lançará cinco novos projetos solares em junho deste ano no Brasil. Serão duas usinas no Ceará – Guaraci (5 MW) e Dois Irmãos (1 MW) – e três em São Paulo: Bebedouro (3 MW), Taiúva (1 MW) e Araraquara (1 MW). 

Além de contribuir com o meio ambiente, as plantas também contribuirão para a criação de empregos locais e com o desenvolvimento socioeconômico das regiões onde as usinas serão instaladas. O investimento total nestas usinas é de R$ 65 milhões. 

“Os investidores estão cada vez mais interessados em negócios de baixo risco, previsíveis e com estabilidade de distribuição. Os projetos da empresa se enquadram nesses conceitos e foram desenvolvidos com a possibilidade de diferentes tamanhos de usinas por região”, destaca D´Angelo. 


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!