Portal BEI

Justiça aceita queixa de Weintraub contra Boulos por postagem feita em 2021 | CNN Brasil

Fonte: renatasouza

O Tribunal de Justiça de São Paulo aceitou uma queixa-crime apresentada pelo ex-ministro da Educação Abraham Weintraub contra o deputado federal Guilherme Boulos (PSOL-SP), em 2021.

A juíza Daniela Pazzeto Meneghine Conceição ratificou o recebimento da denúncia, afirmando por meio de despacho que “há suporte probatório mínimo para a deflagração da presente ação, conforme se verifica dos documentos e nas declarações colhidas na fase inquisitorial”.

Ainda segundo a magistrada, “a denúncia preenche todos os requisitos exigidos pelo artigo 41, do Código de Processo Penal e está amparada nas declarações que a ela se apensa”.

Com a decisão, Boulos se tornou réu no processo e será julgado no dia 19 de novembro. Na mesma ocasião, serão realizadas a audiência de instrução, interrogatório e debates.

Na queixa, Weintraub acusa o deputado de injúria e difamação, por meio de uma publicação nas redes sociais feita em 20 de janeiro daquele ano.

A postagem fazia referência à atuação das autoridades durante a pandemia causada pelo coronavírus. Na época, o país tinha acabado de iniciar a campanha de vacinação contra a Covid-19.

“O Brasil corre o risco de ficar sem vacinas suficientes por falta de insumos da China por causa de Jair Bolsonaro e três imbecis: Dudu Bananinha [Eduardo Bolsonaro], Ernesto Araújo e Weintraub”, escreveu Boulos em sua conta oficial no X (antigo Twitter).

A defesa do deputado respondeu ao processo alegando que Weintraub, nomeado ministro pelo então presidente Jair Bolsonaro (PL), “tornou-se mais conhecido por seus erros de português e declarações públicas ofensivas do que por realizações no âmbito da educação nacional”.

“Neste contexto, tinha – como ainda tem – por hábito tecer desmedidas críticas a seus opositores políticos e adversários públicos, sem se preocupar em ofender interlocutores, chefes de Estado, povos indígenas e membros do Poder Judiciário”, acrescentaram os advogados do parlamentar.

Nas eleições deste ano, tanto Weintraub quanto Boulos são pré-candidatos à prefeitura de São Paulo.

Procurada pela CNN, a assessoria de Guilherme Boulos informou que não se manifestaria. A reportagem também procurou Abraham Weintraub e aguarda retorno.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!