Portal BEI

Em discurso de posse, Gonet vai defender atuação sem contaminação política | CNN Brasil

Fonte: Felipe de Souza

O novo procurador-geral da República, Paulo Gonet, vai defender em seu discurso de posse nesta segunda-feira (18) uma atuação do Ministério Público Federal sem “contaminação política”.

Grande expectativa foi criada em torno desse discurso após, em sabatina, Gonet não deixar tão claro quais marcas pretende adotar na chefia da PGR. Ele vai assumir o lugar de Augusto Aras.

A solenidade, que marcará o início da gestão, terá a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Seguindo o protocolo, apenas Lula e Gonet discursam.

Entre as autoridades previstas, estão os 73 subprocuradores do Ministério Público Federal e os representantes máximos dos braços do MPF, como Ministério Público do Trabalho e também o Militar.

Em via de regra, a cerimônia de posse costuma ser rápida, ao contrário da fila de cumprimentos que pode se formar após a solenidade.

Não há previsão, até o momento, de que o novo procurador-geral dê entrevista depois do discurso, apesar da imprensa ter lugar reservado no auditório.

O espaço tem capacidade para 400 pessoas. Ao todo, 38 cadeiras serão ocupadas por veículos de comunicação. Dentro do auditório, foi reservado espaço também para a banda oficial que irá executar o hino nacional.

Como há limitação de cadeiras do lado de fora do prédio, uma tenda foi montada para abrigar outros convidados e servidores.

Compartilhe:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram
+ Relacionadas
Últimas

Newsletter

Fique por dentro das últimas notícias do mundo dos negócios!